Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

How I feel...

Continuo muito triste, desanimada e desmotivada. E revoltada, revoltada com a vida por ela ser tão madrasta para mim. Estou sistematicamente a ser massacrada, a ser castigada nem percebo porque motivo. A verdade é que a vida pune-me, tirando-me e privando-me de certas coisas, depois dá-me uma alegria minúscula para, a seguir, me pregar uma machadada nas costas.

 

Estou tão saturada desta vida...! A sério. Por mais que lute, que tente ir para a frente, que tente procurar alternativas, não consigo sair do ponto em que estou. Começo a aceitar que realmente nada do que faço tem valor. Nunca nada dá certo. Nunca nada conspira em meu favor, é impressionante. Sinto-me sozinha a lutar contra uma galáxia inteira, contra uma vida que só me oferece coisas más, de bom quase nada. Luto, luto, luto mas ela derrota-me sempre.

 

Sinto-me ignorada e desvalorizada por tudo e por todos. Não sou merecedora de palavras de conforto, abraços carinhosos ou qualquer tipo de ajuda. É gramar todo esta mal que me destrói sozinha e, de preferência calada. É aguentar pois mesmo sem cukpa nenhuma, mesmo sendo vítima, a culpa recai sempre sobre mim. Quem aguenta uma vida assim?

 

Voltaram as noites de insónias, os pesadelos (hoje tive um horrível em que acordei aos gritos), o desaparecimento da auto estima, a inexistência de instrumentos para continuar a luta e o deixar de acreditar seja no que for.

 

Este blog, um dia, já foi alegre e divertido mas neste momento tornou-se no meu Muro das Lamentações. Aqueles que me leem se me deixarem de visitar eu vou compreender.